Navios venezuelanos vão à Colômbia em busca de comida

No porto caribenho de Barranquilla, Colômbia, espera-se pela chegada, nesta semana, de três navios da Marinha venezuelana que se abastecerão de víveres para levá-los ao país vizinho, que enfrenta uma escassez de alimentos devido uma prolongada greve de opositores ao governo."Estávamos esperando um deles hoje pela manhã, mas ainda não chegou", confirmou nesta segunda-feria à Associated Press o chefe encarregado da Capitania do Porto, capitão Marco Antonio Olier, em entrevista telefônica. Aguarda-se pela chegada de outras embarcações a Barranquilla (700 km ao norte de Bogotá) em busca de alimentos entre quarta e quinta-feira desta semana.Olier disse que esta informação lhe foi dada pelo Comando da Marinha local, que não forneceu maiores detalhes. A Venezuela enfrenta uma greve nacional há mais de um mês para forçar o presidente Hugo Chávez a deixar o poder ou antecipar um referendo que decida sobre sua continuidade.A greve provocou escassez de bens básicos de consumo e dificultou a produção petrolífera do quinto maior exportador mundial de óleo cru. Em dezembro, o governo brasileiro enviou à Venezuela um navio-tanque com cerca de 520.000 barris de gasolina para mitigar a escassez de combustível.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.