Neblina provocou queda de helicóptero de Lebed

Uma densa névoa que ocultou um cabo dealta tensão coberto de gelo provocou a queda do helicóptero e amorte do influente governador Alexander Lebed, informou hoje oministro para Situações Emergenciais russo, descartandoespeculações sobre um ato terrorista. "Cabo elétrico, cabo elétrico", foram as últimas palavras dopiloto registradas na caixa-preta do helicóptero M1-8, disse oministro Seguei Shoigu a repórteres na cidade siberiana deKrasnoyarsk. Ele acrescentou que o mau tempo e a poucavisibilidade não permitiram que o piloto visse o cabo a tempo dedesviar-se. O helicóptero, que transportava 20 pessoas, caiu em umaencosta nevada no domingo, nas proximidades da pequena cidade deAbakan. Oito pessoas morreram. Lebed, 52 anos, foi um dos políticos mais destacados da Rússianos anos 90. O ex-general do Exército que em 1991 ajudou aderrotar um golpe pró-comunista, ficou em terceiro lugar naseleições presidenciais de 1996. Seu apoio no segundo turno aBoris Yeltsin foi determinante para a derrota do candidatocomunista. Seu corpo será enterrado nesta quarta-feira no cemitério deNovodevichy, em Moscou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.