Negociação no Cairo inclui alívio ao bloqueio em Gaza

Os líderes de Israel e do Hamas continuam a negociar um acordo de longo prazo para a Faixa de Gaza no Cairo enquanto a trégua temporária completa dois dias nesta terça-feira. Segundo o exército israelense, não houve incidentes registrados durante a noite.

Estadão Conteúdo

12 de agosto de 2014 | 10h36

Uma autoridades israelense informou que o primeiro dia de conversas não trouxe resultados. "As discordâncias são grandes e não houve progresso nas negociações", disse. Um integrante da delegação palestina, no entanto, afirmou que Israel propôs medidas concretas para melhorar as condições da população de Gaza, incluindo aumento dos suprimentos de produtos básicos e a livre transferência de fundos da Autoridade Palestina para os empregados do governo do Hamas no território.

As negociações incluem ainda um aumento da área permitida para pesca no litoral de Gaza e permissão de fluxo mais intenso entre a região e a Cisjordânia.

Um cessar-fogo similar foi interrompido na última sexta-feira quando militantes retomaram os ataques contra Israel com foguetes após as negociações apresentarem dificuldades para avançar. O Hamas quer o fim do bloqueio às fronteiras de Gaza e Israel espera que o grupo palestino aceite se desarmar.

As autoridades israelenses informaram que no começo do dia um pequeno barco de pesca palestino violou a proibição de navegação imposta por Israel, mas a embarcação à costa retornou após disparos preventivos. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Israelpalestinosnegociações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.