Negociações de paz no Sudão do Sul são paralisadas

Autoridades da Etiópia afirmaram hoje que as negociações de paz no Sudão do Sul estão paralisadas em função das discussões sobre prisioneiros políticos. A violência no país se intensificou desde o dia 15 de dezembro, quando o presidente sudanês Salva Kiir alegou que o ex-vice-presidente Riek Machar tentou dar um golpe de estado. Machar exige a libertação de 11 detidos pelo governo.

AE, Agência Estado

08 de janeiro de 2014 | 20h01

Dois funcionários do governo etíope descreveram as conversas como "indo e vindo", depois que o enviado especial do bloco de países do Leste Africano viajou ao Sudão do Sul para negociar a questão dos presos. O presidente Kiir disse que só liberará os presos depois dos procedimentos judiciais. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Sudão do Sulnegociaçãopaz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.