Negociações entre palestinos e israelenses avançam

Negociadores palestinos afirmaram na manhã desta sexta-feira que ?importantes progressos? aconteceram nas conversas com os israelenses sobre o impasse que impede a retirada das tropas israelenses de parte da Faixa de Gaza e de Belém, na margem ocidental. Esse passo poderá ser decisivo para uma retira total das tropas israelenses do territórios palestinos ocupados. Participaram da reunião, o chefe da segurança palestina, Mohammed Dahlan, o tenente israelense Amos Gilad, o embaixador norte-americano em Israel, Dan Kurtzer, e John Wolf, chefe da equipe dos EUA responsável de supervisionar a implantação do plano de paz ?mapa da rota", patrocinado pelos EUA, União Européia, Rússia e Nações Unidas.Os israelenses se comprometeram em reabrir várias estradas, entre elas a rodovia norte-sul, principal via de Gaza. Postos militares israelenses têm causado transtornos para os motoristas palestinos nesta rodovia. Karni, que liga Gaza a Israel, também será liberada para milhares de palestinos que trabalham em Israel. O horário para atravessar a fronteira entre a Faixa de Gaza e o Egito será ampliado de seis para 12 horas. A liberação de prisioneiros palestinos também foi discutida, mas a negociação ainda não foi concluída. Segundo fontes oficiais palestinas, os membros do governo israelense também concordaram com o fim das demolições das casas dos familiares de suicidas palestinos ou de outros militantes que atacarem Israel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.