Negociações nucleares com Irã não possuem nova data limite, diz ministro francês

Segundo Laurent Fabius, os iranianos ainda têm dúvidas com relação às sanções

O Estado de S. Paulo

29 de junho de 2015 | 12h26

PARIS - O ministro de Relações Exteriores da França, Laurent Fabius, disse nesta segunda-feira que as negociações nucleares com o Irã vão passar da data limite, que vence amanhã, e os líderes decidiram não fixar uma nova data para concluir as negociações.

"Fizemos algum progresso, mas ainda não é o fim do processo", disse o ministro, dizendo que os iranianos ainda têm dúvidas específicas sobre como a retirada das sanções funcionará "e alguns outros elementos".

Ele afirmou também que os ministros das seis potências que negociam com o Irã também "estão pedindo alguns detalhes a mais", mas se recusou a dar mais explicações.

Fabius disse que a França insiste que qualquer acordo deve ser "robusto", alertando que se não fossem alguns países da região, que ele não quis citar nomes, "o acordo já teria saído, o que seria muito perigoso", acrescentou. /  Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
Irãacordo nuclearprazo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.