Luke MacGregor/Reuters
Luke MacGregor/Reuters

Negociações para coalizão avançam no Reino Unido, dizem conservadores

Quatro dias após eleições gerais, partidos negociam aliança para definir novo primeiro-ministro

BBC Brasil, BBC

10 Maio 2010 | 08h15

LONDRES - Membros dos partidos conservador e liberal democrata no Reino Unido voltaram a negociar nesta segunda-feira, 10, em Londres a formação de uma possível aliança de governo.

 

Veja também:

especialEspecial: Por dentro das eleições britânicas

Um dos negociadores conservadores envolvidos nas negociações, William Hague, disse que os dois partidos "fizeram avanços" e que "as duas equipes de negociadores estão trabalhando bem juntas".

Hague disse que os líderes dos dois partidos, David Cameron (conservadores), e Nick Clegg (liberais democratas), tiveram uma conversa "produtiva e construtiva" por telefone e agora se reunirão com parlamentares de sua própria legenda para discutir a aliança.

É o terceiro dia de negociações entre os conservadores, que saíram das eleições da última quinta-feira com o maior número de cadeiras no Parlamento. A representação conservadoram porém, não tem número suficiente para estabelecer um governo, e por isso o partido busca alianças.

 

As duas siglas dedicaram horas no fim de semana às negociações para chegar a um acordo, preocupados sobretudo com o efeito da falta de definição sobre quem dirigirá o governo britânico sobre a reabertura dos mercados nesta segunda-feira.

Nesta segunda-feira, Clegg pediu paciência aos britânicos, afirmando que os dois partidos querem chegar a um acordo "o mais rápido possível", mas ressalvando que um entendimento deve "resistir ao teste do tempo". "Aguentem um pouquinho mais e esperamos poder fazer um anúncio completo o mais rápido possível", disse Clegg.

Quatro dias depois da votação, ainda não se sabe quem será o primeiro-ministro do país na nova legislatura. O atual premiê, Gordon Brown, a quem pela lei cabe o direito de tentar formar uma coalizão, disse que "respeita" o direito dos liberais-democratas de tentar negociar antes uma aliança com o Partido Conservador.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.