Negociador-chefe palestino deixa o cargo

O negociador-chefe palestino, Saeb Erekat, apresentou neste sábado sua demissão ao governo da Autoridade Nacional Palestina (ANP), informou Yasser Abed Rabbo, integrante da Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

AE, Agência Estado

12 de fevereiro de 2011 | 14h00

Pouco depois do anúncio, Erekat disse à agência France Presse que deixa o cargo por causa de sua responsabilidade pela divulgação de documentos confidenciais pela rede de televisão Al-Jazira. O negociador-chefe disse que assumia a responsabilidade pelo roubo de documentos de seu escritório que, segundo ele, foram "deliberadamente" alterados.

No mês passado, Erekat acusou a Al-Jazira de participar de uma campanha para derrubar a ANP, depois que a emissora, sediada em Doha, no Catar, começou a divulgar mais de 1.600 arquivos confidenciais conhecidos como "os papéis palestinos". Os documentos, divulgados pela Al-Jazira e pelo jornal britânico Guardian, expuseram concessões feitas a Israel em dez anos de conversações secretas, irritando e deixando embaraçada a liderança palestina. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PalestinaIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.