Negroponte é o novo embaixador dos EUA na ONU

O diplomata John Negroponte, acusado no passado de não ter respondido com firmeza às violações aos direitos humanos em Honduras, quando foi embaixador de Washington naquele país, foi designado nesta sexta-feira representante dos EUA perante as Nações Unidas.A nomeação de Negroponte foi aprovada nesta sexta por unanimidade pelo Senado. O novo embaixador perante a ONU, nomeado pelo presidente George Bush, deve atacar prontamente a tarefa de reunir consenso no foro mundial para as futuras ações de Washington contra o terrorismo. Na quinta-feira, o veterano diplomata passou várias horas perante o comitê de Relações Exteriores do Senado respondendo sobre sua passagem por Honduras, onde - afirmou - cumpriu uma missão "honrada e consciente" entre 1981 e 1985.Sobre Negroponte, de 62 anos e ex-embaixador no México, pesaram também acusações de ele ter mantido contatos com os rebeldes de extrema direita contra o governo sandinista da Nicarágua, os "contras", durante os anos 80.A nomeação de Negroponte foi acelerada devido à necessidade norte-americana de ampliar ao máximo possível o apoio para futuras ações contra o terrorismo, disseram senadores do comitê de Relações Exteriores, depois dos atentados terroristas de terça-feira nos EUA, que deixaram milhares de mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.