Nenhum seqüestrador escapou, diz promotoria russa

Promotores russos afirmaram hoje, através de um comunicado, que não há evidência de que qualquer um dos seqüestradores chechenos tenha conseguido escapar do teatro de Moscou onde mantiveram centenas de reféns, antes da operação de resgate realizada pelas forças especiais. O comunicado teve a intenção de negar especulações segundo as quais alguns atacantes teriam conseguido se misturar com os reféns libertados e escapado da prisão. Segundo a promotoria pública, os 41 seqüestradores - 22 homens e 19 mulheres - que participaram da tomada do teatro foram mortos.

Agencia Estado,

05 de novembro de 2002 | 18h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.