Nestlé doa US$ 2 mi para combate à aids na África

A gigante suíça de alimentos Nestlé doou 3 milhões de francos suíços (cerca de US$ 1,92 milhões) para a luta contra a aids na África, informou hoje a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e da Crescente Vermelha. A contribuição da Nestlé foi a última em uma série de doações corporativas para o combate à aids no continente africano, onde cerca de 40 milhões de pessoas estão infectadas com o vírus HIV. Alguns ativistas na luta contra a aids criticam os fundos corporativos, afirmando que a principal motivação das empresas é a publicidade. Ao mesmo tempo, outros grupos defendem qualquer contribuição à batalha contra a doença.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.