Néstor Kirchner deixa hospital após angioplastia

O ex-presidente da Argentina Néstor Kirchner deixou hoje hospital de Buenos Aires após a realização de uma angioplastia numa artéria coronária. O marido da presidente Cristina Fernández tem um histórico de problemas cardíacos e sentiu dormência nas pernas ontem durante um check up de rotina.

AE-AP, Agência Estado

12 de setembro de 2010 | 13h13

Os médicos aconselharam a realização imediata de uma angioplastia. Um stent, uma espécie de mola, foi instalado, numa artéria coronária obstruída durante a operação, que foi feita com anestesia local, informou o secretário da presidência Oscar Parrilli.

"A intervenção foi feita com sucesso", disseram o médico da presidência doutor Luis Buonomo e o doutor Marcelo Ballesteros, da clínica Los Arcos em comunicado conjunto. "Não deve haver complicações." O ex-presidente deixou a clínica nesta manhã. Kirchner vai precisar se recuperar por pelo menos dois dias, disseram os médicos.

O ex-presidente esteve internado na mesma clínica em fevereiro, quando passou por uma cirurgia de emergência para remover uma placa ulcerosa na artéria carótida direita, depois de sentir dificuldade em mover seu braço.

Tudo o que sabemos sobre:
ArgentinaKirchnerangioplastia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.