Mike Pont/Getty Images North America/AFP
Mike Pont/Getty Images North America/AFP

Neta e bisneto de Robert F. Kennedy desaparecem nos EUA e família fala em 'busca por corpos'

Os dois sumiram na tarde de quinta-feira a bordo de uma canoa nas águas de Shady Side, em Maryland; família Kennedy é marcada por tragédias

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de abril de 2020 | 04h07

WASHINGTON - Uma neta e um bisneto do ex-procurador-geral dos Estados Unidos Robert F. Kennedy - irmão do ex-presidente John F. Kennedy - desapareceram a bordo de uma canoa em Chesapeake Bay. Os desaparecidos são Maeve Kennedy Townsend McKean, 40, e seu filho Gideon, 8. Os dois sumiram na tarde de quinta-feira, 2, nas águas de Shady Side, Maryland, cerca de 50 km a leste de Washington.

Kathleen Kennedy Townsend, filha de Robert F. Kennedy e mãe e avó dos desaparecidos, lamentou em uma declaração que a busca por Maeve e Gideon passou de uma missão de "resgate" para uma "busca pelos corpos".

Segundo as autoridades e amigos íntimos, Maeve e Gideon se aventuraram na canoa para recuperar uma bola com a qual as crianças brincavam na casa da família, em frente ao mar, e que havia caído na água.

Uma pessoa chamou as autoridades, avisando que duas pessoas a bordo de uma canoa estavam tentando, sem sucesso, retornar à costa. As autoridades recuperaram o barco pouco depois. 

No momento do desaparecimento, ventos de até 50 km/h sopravam com ondas de quase um metro. As unidades aéreas e marítimas da Guarda Costeira, que vasculharam uma área de 6 mil quilômetros quadrados em sua busca, suspenderam as buscas na noite de sexta.

Histórico de tragédias na família

O desaparecimento de Kennedy Townsend McKean e seu filho alimenta um histórico de tragédias na família Kennedy. O avô, Robert F. Kennedy, foi morto a tiros meio século atrás, na noite em que comemorava sua vitória do Partido Democrata na Califórnia para as eleições presidenciais de 1968.

Cinco anos antes, o irmão mais velho de Robert, o presidente John Fitzgerald Kennedy, havia sido assassinado em Dallas, Texas. O irmão mais velho de ambos, Joseph Kennedy, morreu em 1944 durante a Segunda Guerra Mundial; e uma irmã, Kathleen, morreu quando um avião caiu na França em 1948.

Em 1984, David Kennedy, filho de Robert, morreu de overdose de drogas e, em 1997, outro de seus filhos, Michael, morreu em um acidente enquanto esquiava.

Em 1999, John Kennedy Jr., filho do presidente assassinado; sua esposa, Carolyn, e sua cunhada morreram quando o avião em que estavam viajando ao largo da costa de Martha's Vineyard (Massachusetts) caiu.

Em 2011, a esposa de Robert Kennedy Jr. (filho de Robert F. Kennedy), Mary Richardson, cometeu suicídio.

No ano passado, outra neta de Robert F. Kennedy, Saoirse Kennedy Hill, morreu aos 22 anos vítima de uma overdose acidental de drogas. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.