Gali Tibbon/AP
Gali Tibbon/AP

Netanyahu desistiu de antecipar eleições, de acordo com fontes

Mídia israelense diz que primeiro-ministro chegou a um acordo com maior partido da oposição

AE, Agência Estado

07 Maio 2012 | 21h07

TEL-AVIV - Reportagens da mídia israelense indicam que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu chegou a um acordo com o maior partido da oposição, o Kadima (centro), para um governo de unidade, o que levou à desistência da antecipação das eleições, programadas para 2013, mas que o Partido Likud (direita) do premiê queria antecipar para setembro.

Veja também:

link Gabinete aprova antecipação de eleições em Israel a pedido de Netanyahu

Não houve nenhum comentário do governo sobre o acordo anunciado nas primeiras horas desta terça-feira, 8 (hora local em Israel).

Mais cedo nesta segunda-feira, o governo de Israel propôs que as eleições fossem antecipadas para 4 de setembro. Mas desacordos sobre uma série de questões domésticas, como a isenção dos ultraortodoxos do serviço militar e o destino dos assentamentos clandestinos na Cisjordânia levaram Netanyahu a desistir do projeto.

As informações são da Associated Press.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.