Netanyahu presenteia o papa com livro sobre a Inquisição

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, visitou nesta segunda-feira o papa Francisco e o presenteou com um livro escrito por seu falecido pai sobre a Inquisição na Espanha.

AE, Agência Estado

02 de dezembro de 2013 | 14h57

Lançado em 1995, o livro em questão é intitulado "As Origens da Inquisição", do historiador israelense Ben-Zion Netanyahu, pai do chefe de governo israelense. Netanyahu presenteou o pontífice com uma edição traduzida para o espanhol.

Morto no ano passado, o pai de Netanyahu foi um ativista sionista contrário à partilha da Palestina entre árabes e judeus.

Como historiador, Ben-Zion Netanyahu ficou mais conhecido por seus trabalhos acadêmicos sobre as ações da Inquisição contra os judeus da Espanha.

"À Sua Santidade o Papa Francisco, um grande pastor de nossa herança comum", escreveu Netanyahu em uma dedicatória. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
VaticanoIsraelNetanyahupapaFrancisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.