Netanyahu propõe reuniões quinzenais com Abbas para chegar a acordo de paz

O primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu (foto), propôs ontem a realização de reuniões quinzenais com o presidente da Autoridade Palestina (AP), Mahmoud Abbas, para dar um novo impulso às negociações de paz para o Oriente Médio. Netanyahu, que na próxima semana deve viajar a Washington para conversações diretas, pretende "atuar pessoalmente nas negociações", disse uma fonte da chancelaria israelense. O negociador-chefe palestino, Saeb Erekat, disse, referindo-se ao plano de Netanyahu, que "é prematuro falar disso agora."

, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2010 | 00h00

A proposta teria sido repassada a Washington, onde os dois líderes devem participar de um jantar com o presidente americano, Barack Obama, no dia 1.º.Abbas e Netanyahu iniciarão negociações no dia seguinte, após meses de contatos indiretos. A secretária americana de Estado, Hillary Clinton, acredita que todas as questões principais poderão ser resolvidas no prazo de um ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.