Netanyahu tem 29% dos votos em Israel, indica pesquisa

O ex-primeiro-ministro Benjamin Netanyahu é o favorito para tornar-se o próximo premiê de Israel nas eleições de 10 de fevereiro, indica uma pesquisa publicada hoje. O líder do direitista Partido Likud é favorito para 29% dos israelenses, enquanto 16% preferem a ministra das Relações Exteriores, Tzipi Livni, do centrista Kadima, segundo pesquisa publicada pelo jornal Haaretz em sua edição da internet. Já o ministro da Defesa, Ehud Barak, é o preferido de 9% das pessoas consultadas. Barak é líder do Partido Trabalhista.A pesquisa mostra um crescente fosso entre o Likud e o Kadima. O Likud deve ganhar 30 das 120 cadeiras do Parlamento e o Kadima deve ficar com 22. Já os trabalhistas podem chegar a 17 assentos, de acordo com a pesquisa, conduzida pelo Instituto Migdam, entre 500 potenciais eleitores. A margem de erro é de 4,5 pontos percentuais.O bloco de direita liderado pelo Likud ficaria com um total de 65 cadeiras no Knesset, graças em parte aumento de popularidade do Partido Yisrael Beitenu, que levaria 16 assentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.