Netanyahu viajará para Washington em 1º de setembro

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu viajará para Washington no dia 1º de setembro para dar início às primeiras negociações de paz diretas com palestinos em quase dois anos. A Casa Branca espera chegar a um acordo em um ano. Prazo que é considerado um grande desafio, depois das tentativas frustradas dos governos anteriores.

AE-AP, Agência Estado

21 de agosto de 2010 | 19h41

Apesar de construir sua carreira política como um porta-voz crítico das negociações de paz realizadas por seus antecessores, Netanyahu tem sido extremamente pragmático nas conversas com o partido moderado palestino na Cisjordânia. Ele também fez uma série de concessões diante da pressão do governo norte-americano, tradicional aliado de Israel.

Logo após sua reeleição um ano atrás, o primeiro ministro retirou dezenas de bases militares na Cisjordânia. Além de acabar com as restrições às viagens pela região, o que era classificado por Israel como medida de segurança, depois de uma década de violência, o que trouxe certo alívio e um pequeno movimento de desenvolvimento econômico em território palestino.

No ano passado, Netanyahu endossou o conceito de Estado Palestino e depois reduziu o ritmo de construção de casas em assentamentos judeus na Cisjordânia e no começo deste ano, ele também congelou o desenvolvimento de novas áreas judias à leste de Jerusalém, medidas considerada impraticáveis há um ano. Mesmo assim, os obstáculos são enormes até que se chegue a um acordo. Netanyahu já afirmou que não irá desistir do leste de Jerusalém e não sinalizou com a possibilidade de retirar os mais de 200 mil judeus que hoje vivem em assentamentos, em meio a áreas onde estão mais de 2,4 milhões de palestinos, mas que são controladas pelos militares israelenses.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelNetanyahupazEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.