Nevasca faz Connecticut declarar estado de emergência

Previsões indicam que a tempestade de neve pode atingir região que vai de Nova York e ultrapassa Boston

AE, Agência Estado

08 de fevereiro de 2013 | 15h52

HARTFORD - O governador de Connecticut, Dan Malloy, anunciou nesta sexta-feira, 8, a decretação de estado de emergência por causa da tempestade de neve que começou a cair na região Nordeste dos EUA nesta manhã.

Segundo o jornal Register Citizen, do condado de Litchfield, as principais rodovias de Connecticut já estavam cobertas de neve às 8h30 locais (5h30 em Brasília) e o tráfego seria suspenso a partir das 12h (15h em Brasília). As escolas do Estado foram fechadas e Malloy determinou que os servidores públicos não essenciais permaneçam em suas casas.

As previsões indicam que haverá precipitação de 60 centímetros de neve ao longo do populoso corredor que vai de Nova York e ultrapassa Boston. As pessoas começaram a estocar comida e outros suprimentos. Funcionários das estradas ao longo da costa leste preparavam sal e areia para usar nas pistas, antecipando-se às previsões ruins dos meteorologistas.

Boston e Providence, capital de Rhode Island, também cancelaram as aulas nesta sexta-feira e companhias aéreas cancelaram mais de 2.600 voos, mas deve haver interrupções em todo o território norte-americano.

"Todo mundo vai ficar coberto de neve", disse o meteorologista Alan Dunham, do Serviço Nacional de Meteorologia, sediado em Massachusetts. A expectativa é de que a maior precipitação deve acontecer nesta noite e no sábado.

As rajadas de vento devem atingir até 105 quilômetros por hora e há temores de cortes no fornecimento de energia elétrica, além de enchentes em áreas costeiras, que ainda se recuperam do furacão Sandy, que atingiu a região em outubro.

Em Nova York, são esperados até 35,5 centímetros de neve. O prefeito Michael Bloomberg disse que arados e estoques de 250 mil toneladas de sal foram colocados à disposição. "Esperamos que a previsão para a quantidade de neve esteja exagerada, mas nunca sabemos", disse ele.

Alertas para nevascas estão em vigor para partes de New Jersey e Long Island, em Nova York, assim como em áreas da região da Nova Inglaterra, incluindo Massachusetts, Rhode Island e Connecticut. Os alertas devem se estender também para New Hampshire e Maine.

Com informações da Associated Press e da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
EUAnevascaConnecticut

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.