Nevasca faz Nova York racionar combustível

Em razão da falta de combustível depois do furacão Sandy, o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, anunciou ontem que haverá um racionamento de combustível nas próximas semanas, até a situação se normalizar. A decisão ocorreu depois de uma nevasca atingir a cidade na madrugada de ontem, provocando mais uma vez a queda de energia elétrica em algumas regiões.

O Estado de S.Paulo

09 de novembro de 2012 | 02h02

Os carros poderão reabastecer em dias alternados, de acordo com o final da placa, par ou ímpar. O modelo segue o padrão instituído pelo governador de New Jersey, Chris Christie, na semana passada em seu Estado.

Desde a passagem do Sandy, há longas filas para reabastecimento em Nova York por problemas na distribuição, com até 150 carros em uma delas esperando horas até seus motoristas conseguirem encher o tanque. Alguns postos não têm mais estoque de gasolina.

Bairros de Nova York ficaram sem eletricidade e alguns vôos foram cancelados. O Central Park foi fechado pelo acúmulo de neve em suas árvores - 20 delas caíram. / G.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.