Nevasca paralisa 6,1 mil caminhões nos Andes

Passagem na fronteira entre Argentina e Chile está fechada há quatro dias

Agencia Estado

19 Junho 2007 | 11h05

Uma nevasca nos Andes interrompeu o tráfego na principal rodovia que atravessa a fronteira entre a Argentina e o Chile, paralisando 6.100 caminhões.A passagem Cristo Redentor, que chega a 3.800 metros acima do nível do mar no seu ponto mais elevado, está fechada para veículos pesados há quatro dias, e a neve continuava caindo neste sábado.Um porta-voz do Departamento de Estradas de Rodagem da Argentina informou que apenas veículos de passeio com correntes nos pneus estão sendo autorizados a trafegar. "Do lado argentino, há cerca de 3.300 caminhões parados no caminho, mas tem mais quase 2.800 do lado chileno", afirmou Ernesto Arriaga.A estrada entre as cidades de Mendoza, na Argentina, e Los Andes, no Chile, é a principal rota comercial para bens asiáticos que entram na região a partir dos portos chilenos no Pacífico, assim como para a saída de produtos brasileiros e argentinos rumo à Ásia.

Mais conteúdo sobre:
CannesAndesnevasca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.