Neve causa transtornos nos serviços ferroviários e aéreos de Tóquio

Nevascas chegou a 4 centímetros na cidade de Yokohama e a 25 no lago Kawaguchi a oeste da capital japonesa

Efe,

15 de fevereiro de 2011 | 03h40

TÓQUIO - Uma tempestade de neve em Tóquio e seus arredores levou nesta terça-feira, 15, à interrupção parcial dos serviços ferroviários e os voos domésticos.

 

Devido às nevascas, sofreram atrasos as saídas de vários "Shinkansen", os trens de alta velocidade japoneses conhecidos por sua eficiência e pontualidade, informou a agência Kyodo, sem precisar números.

 

Também houve vários atrasos ou cancelamentos nos serviços ferroviários que cobrem a área metropolitana de Tóquio, com uma das maiores redes de transporte urbano do mundo.

 

Além disso, vários dos voos domésticos da companhia aérea japonesa All Nippon Airways desde o aeroporto de Haneda, em Tóquio, precisaram ser atrasados ou cancelados na manhã desta terça-feira, informou o operador do terminal aéreo.

 

A neve, que caiu desde a tarde de segunda-feira, 14, alcançou os dois centímetros no centro da capital japonesa por volta das 5h do horário local (18h de segunda-feira em Brasília). Já na cidade de Yokohama a neve chegou a quatro centímetros, segundo a Agência Meteorológica.

 

A maior nevasca, porém, foi no lago Kawaguchi, a oeste de Tóquio, onde a neve alcançou os 25 centímetros de altura.

Tudo o que sabemos sobre:
Neve, Tóquio, transtornos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.