Neve deixa dezenas de milhares de pessoas ilhadas nas estradas europeias

A neve e o gelo cobriram boa parte da Europa neste sábado, deixando dezenas de milhares de motoristas parados nas estradas; no Reino Unido, milhares de residências ficaram sem energia elétrica. Nos Alpes franceses, a neve bloqueou estradas, causando um engarrafamento de mais de 15 mil veículos.

AE-DOW JONES, Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2014 | 20h49

Na região da Floresta Negra, na Alemanha, caíram mais de 20 centímetros de neve; na rodovia A8, perto de Stuttgart, houve um engarrafamento de 20 km.

Muitos motoristas no Reino Unido viram-se obrigados a abandonar seus carros; muitos ficaram presos em seus veículos durante horas. Dezenas de pessoas que viajavam de Sheffield para Londres tiveram que passar a noite em uma igreja, depois de seu ônibus atolar.

Em algumas regiões do norte da Inglaterra, a precipitação de neve alcançou 11 centímetros. A Western Power Distribution disse que 36 mil residências ficaram sem eletricidade e outras 69 mil tiveram interrupções breves no fornecimento de energia. A neve levou ao fechamento temporário do Aeroporto John Lennon, em Liverpool, e do Aeroporto Bradford, em Leeds.

Três quartos do território da França ficaram sob alerta de neve intensa. Segundo o Ministério do Interior, apenas 7 mil dos 36 mil motoristas que se dirigiam a pontos turísticos na região da Savoie, nos Alpes, conseguiram chegar a seus destinos; abrigos de emergência foram montados ao longo das rodovias, para abrigar quem tivesse que passar a noite na estrada. O porto de Calais, no Canal da Mancha, permaneceu fechado. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Europaneve

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.