Neve faz companhias aéreas cancelarem voos nos EUA

As companhias aéreas norte-americanas cancelaram centenas de voos e pediram aos viajantes para que os replanejassem, em consequência de uma rara nevasca que cobriu parte do sudoeste dos Estados Unidos e de previsões de neve em Washington. Após deixar o meio-oeste coberto na noite da véspera de Natal, a tempestade de neve migrou para o sul do país. Advertências para as condições severas do inverno foram emitidas nesta manhã de Arkansas até as Carolinas e de West Virginia até Washington. Autoridades informaram que as estradas também podem se tornar perigosas e escorregadias.

AE, Agência Estado

25 de dezembro de 2010 | 14h02

O Serviço Nacional de Temperatura disse que a tempestade de neve pode deixar um cobertura de neve de mais de 12,5 centímetros na região de Washington. As condições severas de neve são resultado de um sistema de baixa pressão que se move na costa do golfo. Espera-se que neve nas regiões de Nova York e Boston a partir de amanhã e que as temperaturas fiquem entre -6 e -2 graus Celsius na madrugada. O porta-voz da Delta Air Lines, Morgan Durrant, disse que 500 voos nacionais estavam previstos para serem cancelados hoje por causa do tempo. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAnevevooscancelamentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.