Neve leva caos aos transportes na Europa

Aeroportos são fechados na Alemanha e Grã-Bretanha; 5 mil dormem em estação

BBC e EFE, O Estado de S.Paulo

19 de dezembro de 2010 | 00h00

Os principais aeroportos da Grã-Bretanha, de Gatwick e Heathrow, foram obrigados a fechar todas as pistas ontem por causa da forte nevasca que atingiu o continente europeu desde a sexta-feira. Na Alemanha, cerca de 450 voos foram cancelados. E aeroportos da Dinamarca, Suíça e da Holanda também registraram cancelamentos e atrasos.

Na Grã-Bretanha, a informação era a de que os aeroportos ficariam fechados até pelo menos as 16 horas. O movimento de estradas e ferrovias também foi afetado no país. Irlanda do Norte, Gales e Escócia - onde os aeroportos também foram prejudicados - também sofreram com o caos nos transportes.

O grande volume de neve que caiu na Alemanha durante a madrugada da sexta-feira causou, além do cancelamento de cerca de 450 voos, inúmeros atrasos de voos nos aeroportos do país. Além disso, escolas foram fechadas e as estradas viveram um dia de congestionamento e acidentes causados pelas más condições de visibilidade e da pista.

Por causa da proximidade do fim do ano, o volume de voos nessa época é superior ao do restante do ano em todo o mundo. Somente em Frankfurt, 300 voos foram cancelados pela manhã, e segundo informou um porta-voz do aeroporto, o número só tendia a aumentar.

Cerca de 20 centímetros de neve caíram na região durante a noite. Aproximadamente mil passageiros foram prejudicados durante a madrugada.

O aeroporto de Munique, o segundo maior da Alemanha, registrou 113 cancelamentos e atrasos. Em Dusseldorf e Stuttgart, houve mais de 20 cancelamentos em cada um. O tráfego terrestre também foi prejudicado por acidentes. Duas pessoas morreram em um deles.

Ontem, grandes engarrafamentos causados pelas nevascas foram registrados na Toscana, na região central da Itália. Ferrovias e aeroportos também foram prejudicado no país. Em Florença, quase 5 mil pessoas tiveram que passar a noite na estação de Santa Maria Novella.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.