Neve no nordeste do Japão atrapalha buscas por sobreviventes de tsunami

Mau tempo aumenta as dificuldades das pessoas, a maioria idosas, que permanecem na região

KIM KYUNG HOON E CHRIS MEYERS, REUTERS

16 de março de 2011 | 07h47

Equipes resgate trabalham em Kamaishi. Foto: Matt Dunham/AP

Uma forte nevasca atingiu nesta quarta-feira o Nordeste do Japão, já devastado pelo terremoto e tsunami da semana passada. A neve atrapalha os trabalhos de equipes de resgate e aumenta as dificuldades das pessoas, a maioria delas idosas, que ainda permanecem na região.  Segundo dados oficiais, 4.340 pessoas morreram e 9.083 estão desaparecidas no país.

Veja também:

blog Twitter: Siga a correspondente Cláudia Trevisan, que está no Japão

especial Infográfico: Entenda o terremoto maiores tragédias dos últimos 50 anos

documento Relatos: envie textos, vídeos e fotos para portal@grupoestado.com.br

som Território Eldorado: Ouça relato do embaixador e de brasileiros no Japão

mais imagens Galeria de fotos: Tremor e tsunami causam destruição

blog Arquivo Estado: Terremoto devastou Kobe em 1995

Em Sendai, que já foi uma cidade, mas agora é uma área devastada e inundada, bombeiros e equipes de ajuda trabalhavam em meio aos escombros para encontrar algum sinal de vida. Mas, assim como em outras cidades, as equipes retiravam apenas corpos e mais corpos.

"O forte cheiro de cadáveres e a sujeira das águas do oceano torna o trabalho de busca muito difícil", disse Yin Guanhhui, membro de uma equipe de resgate chinesa que trabalha na cidade de Ofunato.

"As potentes ondas do tsunami atingiram repetidamente as casas na região. Qualquer um preso sob os escombros se afogaria sem nenhuma chance de sobreviver."

A mídia japonesa informou que pelo menos duas pessoas foram retiradas vivas dos escombros, mais de 72 horas depois após o terremoto e o tsunami. Mas autoridades responsáveis pelo resgate disseram que a nevasca diminuiu as chances já reduzidas de encontrar mais sobreviventes. As autoridades estimam que o terremoto e o tsunami de sexta-feira tenha matado pelo menos 10 mil pessoas.

 

Leia ainda:

link Total de mortos no Japão já chega a 4.340

linkImperador japonês pede calma à nação

linkTsunami igual ao de sexta atinge Japão a cada mil anos

  

Tudo o que sabemos sobre:
JAPAONEVEAATRAPALHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.