Nicarágua: 5 morrem em ataques contra governistas na

Cinco pessoas morreram e 24 ficaram feridas em dois ataques neste domingo contra ônibus de simpatizantes do partido governista Frente Sandinista de Libertação Nacional. O veículo levava pessoas de volta às suas comunidades no norte do país depois de elas terem participado das comemorações pelo 35º aniversário da revolução, informaram fontes oficiais.

AE, Agência Estado

21 de julho de 2014 | 01h41

Uma das agressões ocorreu à 1h da madrugada local (2h de Brasília) no quilômetro 60 da rodovia Panamericana Norte. Dois homens e duas mulheres morreram, informou o prefeito de Matagalpa, Sadrach Zeledón, que é dirigente regional do partido sandinista, ao canal 4.

O outro ataque ocorreu entre as comunidades de San Ramón e El Jobo, ao norte de Matagalpa, e nele morreu um homem baleado.

Um grupo denominado Forças Democráticas Nicaraguenses, que afirma estar lutando em armas contra o governo de Daniel Ortega, declarou ser responsável pelos ataques.

A porta-voz do governo, Rosario Murillo, classificou os ataques como "massacres" derivados da "bestialidade de seres cheios de ódio" e disse que o presidente Ortega ordenou uma investigação minutos depois do ocorrido no domingo de madrugada. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
NicaráguaViolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.