Nigéria: 20 igrejas cristãs foram destruídas

Um bispo católico informou que insurgentes islâmicos destruíram recentemente 20 igrejas no nordeste da Nigéria

Agência Estado

04 de março de 2014 | 16h37

O bispo Oliver Dashe Dome disse que cerca de 500 paroquianos foram mortos desde o início dos ataques na região, em 2009. Ao menos 180 pessoas foram mortas nas últimas duas semanas, incluindo 60 crianças.

Os insurgentes Boko Haram defendem uma versão extrema das leis islâmicas e ameaçam a minoria cristão no nordeste da Nigéria. Três estados da Nigéria estão em estado de emergência há nove meses e o bispo Dome acusa as autoridades pela carnificina, dizendo que o grupo Boko Haram é melhor armado do que o exército da Nigéria e demonstrou preocupação sobre a velocidade dos assassinatos. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Nigériaataques

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.