Nigéria anuncia fim do subsídio para combustíveis

O governo da Nigéria anunciou o fim dos subsídios para os combustíveis, medida que deverá provocar descontentamento entre a população. Segundo a Agência Reguladora dos Preços de Produtos de Petróleo, os importadores de petróleo deixarão de receber imediatamente o subsídio que lhes permitia vender derivados a preços baixos.

RENATO MARTINS, Agência Estado

01 de janeiro de 2012 | 14h38

O governo nigeriano estima que poderá economizar até US$ 8 bilhões em recursos públicos com a eliminação do subsídio; graças à ajuda do governo o consumidor nigeriano paga cerca de US$ 0,45 por litro de gasolina.

A Nigéria é um grande produtor e exportador de petróleo, mas importa praticamente todos os derivados que consome. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Nigériasubsídiocombustíveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.