Nigéria confirma mais um caso de ebola

Autoridades de saúde do país têm mantido 177 pessoas sob vigilância, na tentativa de evitar a disseminação do vírus

Agência Estado

11 de agosto de 2014 | 09h21

O Ministério da Saúde da Nigéria confirmou nesta segunda-feira mais um caso de ebola do país. Trata-se de um enfermeiro (ou enfermeira) que participou do tratamento de um liberiano-americano que viajou para o país quando já estava apresentando sintomas da doença e morreu no mês passado.

O exame que provou a contaminação pelo vírus foi realizado no final de semana, informou o ministro da Saúde Onyebuchi Chukwu aos jornalistas na capital do país, Abuja. Com este caso, sobe para 10 o número de infectados pelo ebola na Nigéria, dentre eles dois pacientes que morreram: o liberiano-americano Patrick Sawyer, e outro enfermeiro. Os demais oito estão em tratamento em isolamento em Lagos. Todos os nove nigerianos que contraíram a doença foram infectados por meio de contato com Sawyer, afirmou Chukwu.

Funcionários da saúde da Nigéria trabalham para impedir que o ebola se dissemine para outras pessoas, além das que tiveram contato com Sawyer. As autoridades nigeriana mantêm sob vigilância 177 pessoas que tiveram contato primário e secundário com Sawyer.

Tudo o que sabemos sobre:
Nigériaeboladécimo caso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.