Nigéria declara emergência em área de massacre

O presidente da Nigéria declarou estado de emergência e intervenção no Estado de Plateau, dissolvendo a legislatura e substituindo o governador Joshua Dariye pelo general Chris Ali, numa tentativa de deter os massacres de natureza étnica e religiosa que já deixaram milhares de mortos. A medida dá ao presidente Olusegun Obasanjo o poder de governar Plateau por decreto. A medida, anunciada por Obasanjo num discurso transmitido pelo rádio, vem depois de meses de agressões e retaliações entre grupos cristãos e muçulmanos. Somente neste mês, o número de vítimas chega às centenas, com milhares de desabrigados e o início de conflitos semelhantes em outra parte do país, o Estado de Kano. Os combates em Paleta ?constituem ... claramente uma grande ameaça à segurança e à unidade nacional da Nigéria?, disse o presidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.