(AP Photo)
(AP Photo)

Nigéria diz ter resgatado 200 meninas sequestradas pelo Boko Haram

Não há confirmação se entre elas estaria alguma das estudantes capturadas há um ano em Chibok

O Estado de S. Paulo

28 de abril de 2015 | 17h54

ABUJA - O Exército da Nigéria resgatou 200 meninas e 93 mulheres durante uma operação militar para retomar a Floresta Sambisa do grupo militante islâmico Boko Haram, disseram os militares no Twitter nesta terça-feira, 28.

"Tropas resgataram 200 meninas e 93 mulheres da Floresta Sambisa. Nós não podemos confirmar se as meninas sequestradas em Chibok estão neste grupo", afirmou o Exército, acrescentando que tropas nigerianas tiveram de destruir três campos na região controlados pelos militantes. 

O Boko Haram sequestrou mais de 200 alunas perto da aldeia de Chibok, norte do país, há um ano, causando um clamor internacional.

Diplomatas e autoridades do serviço de inteligência dizem acreditar que pelo menos algumas das meninas estavam sendo mantidas na floresta, a cerca de 100 quilômetros de Chibok, embora drones de reconhecimento americanos não tenham conseguido encontrá-las.

Forças nigerianas apoiadas por aviões de guerra invadiram a ex-reserva colonial no fim da semana passada, como parte de um esforço para reconquistar o território em poder dos militantes radicais islâmicos.

O grupo, famoso pela violência contra civis, controlava uma área quase do tamanho da Bélgica no início do ano, mas tem sido combatido por tropas nigerianas, apoiadas por Chade, Níger e Camarões. / REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
NigériaBoko Haram

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.