Nigéria liberta mais 25 mulheres e crianças sequestradas pelo Boko Haram

Na operação, houve troca de tiros e, segundo os militares, "muitos militantes" foram mortos, assim como um soldado

O Estado de S. Paulo

06 de maio de 2015 | 20h00

Militares afirmaram que tropas nigerianas resgataram mais 25 mulheres e crianças das mãos do grupo extremista islâmico Boko Haram. O porta-voz do Exército, coronel Sani Usman, afirmou que muitos militantes foram mortos em um tiroteio nesta quarta-feira, 6, que também tirou a vida de um soldado. Segundo ele, cinco soldados ficaram feridos.

Cerca de 700 crianças e mulheres foram salvas na semana passada, em ações que envolveram ataques terrestres e aéreos. Não está claro se entre as pessoas resgatadas estão as estudantes que foram sequestradas um ano atrás - 219 delas permanecem desaparecidas. ASSOCIATED PRESS

Tudo o que sabemos sobre:
NigériaBoko Haram

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.