Nigéria: moradores de aldeia matam extremistas

Moradores de um vilarejo da Nigéria, onde o grupo terrorista Boko Haram opera, mataram dezenas de militantes extremistas islâmicos que eram suspeitos de planejar novos ataques contra a população, informou a polícia e a população local.

AE, Agência Estado

14 Maio 2014 | 12h13

Os moradores disseram que estavam fazendo justiça com as suas próprias mãos, porque os militares nigerianos não estão fazendo o suficiente para conter os ataques do Boko Haram. Kalabalge se localiza no norte da Nigéria e é o local em que houve o sequestro de 270 adolescentes no mês passado.

Ontem pela manhã, os moradores de Kalabalge emboscaram dois caminhões com homens armados e detiveram ao menos de militantes e dezenas foram mortos, disse um policial em condição de anonimato. Não ficou imediatamente claro onde estavam presos os militantes. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Nigéria violência Boko Haram

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.