Nigerianos protestam por aparição de presidente Yar'Adua

Mandatário estava internado; manifestações são contra 'presidência inexistente' de Goodluck Jonathan

Associated Press,

10 de março de 2010 | 14h52

Protestos nas ruas de Abuja. Afolabi Sotunde/Reuters

 

ABUJA - Centenas de nigerianos foram às ruas da capital do país, Abuja, nesta quarta-feira, 10, pedindo por uma aparição pública do presidente Umaru Yar'Adua, que não foi visto desde que retornou de um hospital da Arábia Saudita.

 

Os manifestantes encheram as ruas de Abuja pedindo que Yar'Adua apareça em público, sob o argumento de que a liderança do país está em crise. Eles também pediram a demissão de alguns ministros dias após o massacre que deixou mais de 200 católicos mortos na região central do país.

 

Yar'Adua deixou o hospital na Arábia Saudita onde estava em novembro. Os médicos disseram que o coração do presidente está em condições críticas. Desde fevereiro, o vice-presidente Goodluck Jonathan assumiu o posto, mas o partido de Yar'Adua diz que o próximo candidato presidencial deve ser proveniente do norte muçulmano.

Tudo o que sabemos sobre:
NigériaYar'AduaJonathanÁfrica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.