Nike suspende contratos com Oscar Pistorius

A empresa norte-americana de material esportivo Nike suspendeu seus contratos com o atleta sul-africano Oscar Pistorius, acusado de ter premeditado o assassinato de sua namorada no Dia dos Namorados.

AE, Agência Estado

21 de fevereiro de 2013 | 09h10

Primeiro corredor duplamente amputado a competir nas Olimpíadas, em 2012, Pistorius é acusado de homicídio doloso pela morte da modelo Reeva Steenkamp. Pistorius alega que confundiu Steenkamp com um intruso e que o disparo foi acidental.

"Acreditamos que Oscar Pistorius deve receber o devido processo e vamos continuar a acompanhar a situação de perto", afirmou a Nike em um breve comunicado publicado em seu site na quarta-feira.

Na segunda-feira, o fabricante de óculos Oakley suspendeu seu contrato com Pistorius. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
África do SulPistoriusNike

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.