Ninguém reclama corpo de autor do ataque de Boston

Depois de 15 dias de abandono em um necrotério, o corpo de Tamerlan Tsarnaev deverá ser sepultado discretamente nos próximos dias em um cemitério da região de Boston. A viúva, Katherine Russell, reclamou apenas ontem o corpo do marido, suspeito de ser coautor do atentado na Maratona de Boston, no dia 15. Tamerlan foi morto em confronto com a polícia três dias depois das duas explosões, que deixaram 3 mortos e 264 feridos.

WASHINGTON, O Estado de S.Paulo

04 de maio de 2013 | 02h02

A remoção chamou a atenção das pessoas, que vaiaram e fizeram gestos obscenos enquanto o carro da funerária Dyer-Lake passava. A funerária se via ontem diante do desafio de encontrar um cemitério onde enterrar o corpo de Tsarnaev. Todos os que procurara haviam rejeitado. A opção seria enterrá-lo em uma cova não identificada, para evitar possível profanação. A cremação é proibida pela lei islâmica.

O FBI voltou a se concentrar ontem em Katherine após serem encontradas edições da revista Inspire, da Al-Qaeda, em seu computador pessoal. / D.C.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.