Nixon duvidou da autenticidade de foto da guerra do Vietnã

O presidente Richard Nixon duvidou da autenticidade da famosa fotografia de uma menina correndo nua por uma rua, fugindo de um ataque de napalm no Vietnã do Sul.No dia 12 de junho de 1972, Nixon e o chefe de pessoal H.R. Haldeman discutiram brevemente sobre a foto da guerra do Vietnã numa conversa revelada entre as 500 horas de fitas de Nixon divulgadas nesta quinta-feira pelos Arquivos Nacionais."Estou imaginando se isto foi arranjado", afirmou Nixon depois de ver a foto. Haldeman respondeu: "Poderia ter sido".A foto, de autoria do fotógrafo da Associated Press Nick Ut, retrata a menina Kim Phuc, de nove anos de idade, fugindo do povoado de Trang Bang, cerca de 40 quilômetros a oeste de Saigon.A foto se destacou como uma das imagens mais chocantes da guerra e pelo impacto que ela teve sobre a população civil norte-americana. Nick Ut ganhou o Prêmio Pulitzer de 1972 pela foto.Kim Phuc, hoje com quase 40 anos, já comentou muitas vezes sobre os acontecimentos mostrados na foto e ainda traz nas costas as cicatrizes da queimadura provocada pelo napalm."Esta fotografia venceu o Prêmio Pulitzer e sobreviveu ao teste do tempo como um importante ícone da Guerra do Vietnã", disse Vincent J. Alabiso, vice-presidente da divisão fotográfica da agência noticiosa Associated Press. ?Sua autenticidade nunca foi questionada. A precisão e a honestidade da Associated Press são conhecidas de todos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.