No Arizona, McCain diz estar confiante na vitória

Apesar da aparente vantagem do candidato democrata Barack Obama, o republicano John McCain não parecia intimidado e acreditava que poderia vencer as eleições à presidência dos Estados Unidos. McCain reconheceu que é o "azarão" na disputa, mas afirmou que sua longa tentativa de chegar à presidência (ele foi pré-candidato republicano em 2000) está próxima da vitória."Eu acredito que esses Estados cruciais já fecharam (pela candidatura republicana), quase todos eles", disse McCain no Arizona, onde votará mais tarde. "Eu nunca esquecerei isso enquanto viver", afirmou o republicano. "Você não pode imaginar, o que é para um indivíduo estar próximo ao cargo mais importante do mundo, e eu vou aproveitar isso, eu nunca esquecerei isso enquanto viver", falou McCain.Em Chicago, Obama juntou-se aos primeiros eleitores que foram às urnas hoje. Ele votou com a esposa Michelle em uma escola elementar. O casal foi votar acompanhado das filhas, Natasha e Maíla. Outros eleitores saudavam o democrata, enquanto ele sorriu e disse simplesmente "votei". "A jornada chegou ao fim, mas foi algo grandioso votar com minhas filhas", disse Obama.A candidata republicana a vice-presidente, a governadora do Alasca Sarah Palin, foi para sua cidade natal, Wasilla, no Alasca, onde votará hoje à tarde. Em seguida, ela irá a Phoenix, no Arizona, para um comício com McCain. O candidato a vice pelo Partido Democrata, o senador Joseph Biden, votou na manhã de hoje em Wilmington, no seu estado natal de Delaware, acompanhado pela esposa e a mãe.Resultados - Obama venceu a primeira disputa eleitoral do dia, em dois pequenos povoados no Estado de New Hampshire, que abriram a votação. Obama derrotou o senador McCain, por 15 votos a seis, no povoado de Dixville Notch, enquanto os eleitores no povoado de Hart''s Location deram 17 votos ao democrata, 10 a McCain e dois a Ron Paul, um pré-candidato republicano de New Hampshire que foi derrotado por McCain nas primárias. O atual presidente dos EUA, George W. Bush, venceu as eleições de 2000 e 2004 nos dois povoados, que sempre votam antes nas eleições presidenciais americanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.