No Bahrein, rei ordena libertação de presos políticos

O rei do Bahrein ordenou hoje a libertação de alguns presos políticos, atendendo a mais uma demanda da oposição. A monarquia tenta conter protestos por mais democracia e acabar com as manifestações iniciadas na semana passada.

AE, Agência Estado

22 de fevereiro de 2011 | 13h52

O decreto do rei beneficia inclusive vários ativistas xiitas acusados de tramarem contra o Estado. Não está claro quantos prisioneiros serão libertados, segundo uma porta-voz do governo. O Bahrein é um país de maioria xiita, governado por uma monarquia sunita.

Um membro da oposição, Abdul Jalili Khalil, qualificou o anúncio como um "bom passo" e um "gesto positivo". Não está claro, porém, se o ato pode ajudar a enfraquecer os protestos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Bahreinprotestospresoslibertação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.