No Brasil, 10 voos são cancelados

As principais companhias que voam para Nova York partindo dos aeroportos de Cumbica (André Franco Montoro), em Guarulhos, e do Galeão (Antonio Carlos Jobim), no Rio de Janeiro, cancelaram um total de dez voos entre ontem e hoje. TAM, American Airlines, Delta e United tiveram de remanejar passageiros para voos próximos - alguns só conseguiram vaga em novembro, após o feriado.

NATALY COSTA, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2012 | 02h01

Foi o caso da estudante Viviane Gonçalves, de 23 anos. "Estava em um grupo grande e não conseguimos vaga no mesmo voo, todo mundo junto. Então, vamos esperar mais uma semana para viajar. É o jeito", conta ela, que tinha passagem comprada para hoje.

O ator Bruno Motta teve um pouco mais de sorte. Ele viajaria ontem à noite para Nova York pela TAM e conseguiu remarcar para amanhã.

Mesmo assim, está receoso de que ocorra um novo atraso no voo. "Passaria três dias na cidade em Nova York. Agora, vou passar um só. Por sorte, consegui remarcar a reunião de trabalho que tinha."

O administrador de empresas Júlio Neves tinha uma viagem marcada para hoje, mas a passeio. "Fiquei meses sonhando com as férias, planejando, contando os dias. Agora, vou ter de adiar. Só viajo na quinta-feira", disse.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) recomenda aos passageiros que liguem para cada companhia aérea antes de sair de casa para saber o estado do seu voo.

Remarcação. Todas as remarcações devem ser feitas sem qualquer custo adicional para o passageiro. A TAM atende no call center 4002-5700 (capitais) e 0800-570-5700 (demais localidades). A Delta pede que os clientes utilizem o canal @DeltaAjuda no Twitter.

As ligações para a United Airlines a partir de São Paulo podem ser feitas no 3218-7610 ou, desde outras cidades, no 0800-704 0206 . A American Airlines tem três telefones: (11) 4502-4000, (21) 4502-5005 ou 0300-789- 7778.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.