No Brasil, Sarkozy se reúne com Dilma, em Brasília, e com Lula, em São Paulo

Em encontro de uma hora, no Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente francês Nicolas Sarkozy discutiram temas da agenda internacional, como a crise econômica e o cenário no Oriente Médio. Segundo fontes do Palácio do Planalto, o encontro foi de "cortesia", solicitado pelo próprio ex-presidente. O ex-presidente francês destacou a aproximação do Brasil com a França, negou que tenha falado sobre a licitação brasileira para a compra de caças e voltou a manifestar apoio para que o Brasil assuma assento permanente no Conselho de Segurança da ONU. Em seguida, Sarkozy voou para São Paulo, onde se encontrou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O Estado de S.Paulo

23 de outubro de 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.