No Iêmen, militantes tomam parte de cidade ao sul

Oficiais da segurança do Iêmen informaram, em condição de anonimato, que militantes islâmicos tomaram parte da cidade de Houta, ao sul do Iêmen, em um ataque nesta madrugada, no horário local (noite de terça-feira em Brasília). As autoridades acreditam que entre os militantes estejam membros da Al-Qaeda. Agora, os manifestantes têm sob controle várias regiões vizinhas à cidade, a qual é a capital da província de Lahj. Os militantes islâmicos têm aumentado a vantagem nesses quatro meses de agitação política no país. Em maio, eles atacaram e tomaram outras duas cidades ao sul do Iêmen. Protestos maciços contra o atual regime têm se estendido a grande parte do país e forças rivais estão em igualdade de condições na capital Sanaa, após os confrontos acirrados ocorridos no início do mês. As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.