No Iraque, 82% são contra a presença das tropas dos EUA

Uma pesquisa feita no Iraque pelo Exército americano constatou que a grande maioria dos iraquianos, 82%, é contrária à presença dos EUA e seus aliados no país, informou The Washington Post. Segundo o estudo, 80% dos iraquianos não confiam nos americanos. Além disso, 45% deles em Bagdá e 67%, em Basra, apóiam o líder xiita radical Muqtada al-Sadr, que lidera o principal movimento de resistência à ocupação. Para o Post, esse resultado mostra o fracasso dos esforços da Casa Branca para conquistar a opinião pública iraquiana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.