No Japão, água de reator pode ter vazado de usina

A Agência de Segurança Nuclear e Industrial do Japão disse que deverá ser investigada a relação entre a água do reator número 2 e o elevado nível de radioatividade encontrada na água ao lado de fora do prédio da turbina do mesmo reator da usina Daiichi, em Fukushima, informou a Kyodo News.

CYNTHIA DECLOEDT, Agência Estado

28 de março de 2011 | 09h43

Os comentários seguiram-se à declaração, hoje, da Tokyo Electric Power (Tepco), empresa que administra a usina, de que foram encontrados elevados níveis de radiação ontem à tarde na água dos túneis subterrâneos próximos ao prédio da turbina do reator número 2. A área está fora das áreas de radiação controlada. Paralelamente, a estatal francesa nuclear Areva disse que recebeu um pedido da Tepco para ajudar no combate à crise na usina. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.