No Peru, Humala tem vantagem parcial de apenas 0,18%

O nacionalista Ollanta Humala apresenta vantagem muito pequena sobre a candidata de direita, Keiko Fujimori, 50,09% contra 49,91%, com 75% dos votos apurados nas eleições presidenciais peruanas, de acordo com o primeiro resultado oficial divulgado no início da madrugada de hoje pela chefe do processo eleitoral, Magdalena Chu. A funcionária começou sua apresentação de resultados esclarecendo que eles "correspondem principalmente às zonas urbanas, a Lima metropolitana e às capitais dos departamentos (Estados)". As estimativas já haviam antecipado que Keiko obteria mais votos nas zonas urbanas, enquanto que o setor rural, cuja maior parte dos votos ainda não foi apurada, deveria favorecer o esquerdista Humala. Quatro projeções sobre os resultados das eleições presidenciais deste domingo indicaram que Humala deverá superar Keiko por entre 2 e 2,4 pontos porcentuais, um resultado irreversível, segundo analistas. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.