Nobel da Paz é expulsa de hotel em Cancún

A ativista indígena guatemalteca Rigoberta Menchú, vencedora do Prêmio Nobel da Paz de 1992 e candidata à presidência da Guatemala, foi expulsa de um hotel de Cancún, no México, na terça-feira. Rigoberta, que ocupa o quarto lugar na corrida presidencial, foi confundida com uma vendedora ambulante pelos funcionários do hotel por usar roupas indígenas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.