Noriega é extraditado e será julgado no Panamá

O Estado de S.Paulo

12 de dezembro de 2011 | 03h00

O ex-ditador panamenho Manuel Noriega, de 77 anos, chegou na noite de ontem ao Panamá, após ser extraditado da França. Noriega, que passou mais de 20 anos entre prisões nos Estados Unidos e na França, será julgado no Panamá por crimes cometidos durante a ditadura que comandou entre 1983 e 1989, até ser deposto pelos EUA. O ex-general já foi condenado, enquanto estava fora do país, a 40 anos de prisão por dois casos de homicídio. As penas para todos os processos devem passar de 60 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.