Noruega investiga suspeito de ajudar terroristas sírios

O serviço de inteligência doméstica da Noruega disse que um homem foi preso suspeito de enviar dinheiro a um grupo terrorista da Síria. Martin Bernsen, um porta voz do serviço de segurança da polícia, disse que o homem havia sido detido nesta sexta-feira em Oslo, e que já foi liberado.

AE-DJ, Agência Estado

17 de agosto de 2013 | 19h38

Mesmo assim, ele continua sendo investigado e enfrenta uma acusação preliminar de apoiar financeiramente uma organização terrorista. Caso isso seja provado, o acusado pode enfrentar uma pena máxima de seis anos de prisão.

A polícia não identificou o suspeito, mas a TV norueguesa TV2 disse que ele se chama Farid Bendriss e pertence ao grupo Al Furqan Relief. As informações são da Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
NoruegapresoSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.