Noruega reforça segurança após pista sobre terrorismo

A polícia norueguesa adotou medidas para lidar com a ameaça: fronteiras e aeroportos terão reforço na vigilância

AE, Agência Estado

24 Julho 2014 | 08h33

A polícia norueguesa disse nesta quinta-feira que a segurança está sendo reforçada em aeroportos e ao longo das fronteiras do país por causa de uma pista de que pessoas com experiência de combate na Síria estavam planejando um ataque terrorista na Noruega.

"O Serviço de Segurança da Polícia recentemente recebeu informações que pessoas com ligações com um grupo islâmico extremista na Síria podem estar planejando um ataque terrorista na Noruega", disse Benedicte Bjørnland, diretora do Serviço de Segurança da Polícia da Noruega, em uma entrevista coletiva em Oslo. Os planos de ataque estavam relacionados a pessoas com experiência de combate na Síria, disse Benedicte, sem dar mais detalhes.

A polícia não sabe a localização exata e o momento do possível ataque. Mas Benedicte disse que o prazo para a ameaça se limitava a um intervalo de alguns dias, e que o alerta não se estenderia por meses.

Os policiais tornarem públicas informações sobre a ação planejada, em uma tentativa de frustrar o ataque. A polícia norueguesa está adotando medidas para lidar com a ameaça: fronteiras e aeroportos terão reforço na vigilância pela polícia, com possível apoio das Forças Armadas.

"Estamos agora em uma situação onde há uma ameaça específica contra a Noruega, e medidas estão sendo tomadas medidas para lidar com isso", disse o ministro da Justiça e Segurança Pública Anders Anundsen. "Temos chamado pessoal extra que estava em casa ou de férias", disse o comissário da Polícia Nacional Vidar Refvik, acrescentando que a polícia e os guardas já estavam presentes nos aeroportos e outros alvos potenciais. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.